Fitness

A Batalha das Correntes

O filme “A Batalha das correntes” trata sobre a corrida do uso da energia elétrica nos EUA. O grande protagonista é Thomas Edison (Benedict Cumberbatch), muito inteligente, focado e com seus princípios. Marido e pai, Edison tem um concorrente forte nessa corrida: George Westinghouse (Michael Shannon).

Os investidores da cidade de Nova Iorque buscam por energia mais barata e acessível. Edison é rude consigo e com seus negócios, seu nome está estampado em todas as suas invenções a fim de deixar seu legado como uma das grandes mentes do século XIX. Edison é defensor da corrente contínua nos seus inventos, uma vez que Westinghouse utiliza a corrente alternada. Os dois argumentam os motivos pelos quais os investidores devem utilizar suas respectivas correntes, inclusive denegrindo o seu concorrente. O filme também nos apresenta Nikola Tesla (Nicholas Hoult), inicialmente ajudante de Edison, mas logo após rejeitado. Além disso, a invenção da cadeira elétrica é relevante nesse enredo. O filme é claro em mostrar a guerra de egos e também as relações pessoais entre os entes das famílias.

Um dos responsáveis por deixar essa disputa ainda mais intrigante foi o diretor Alfonso Gomez-Rejon quando usa uma câmera mais abrangente e ângulos bem nítidos. As imagens jogadas de maneira rápida nos dão a intenção dessa “corrida” pelo prêmio. A fotografia é muito bacana bem como a colorização das imagens. O filme é (perdão pelo trocadilho) eletrizante do início ao fim. O filme busca envolver o espectador tanto tecnicamente quanto tematicamente em um período de tempo curto. Entretanto, o final parece ser um pouco “jogado”. Entretanto é um filme que eu recomento muito ir conferir.

Joinhas:

4

Por:

@jntsveira

.0 / 5.0

2 Lados Online © 2014-2020. Created by Rafael Carvalho