Fitness

Ameaça Profunda

Em “Ameaça Profunda”, Norah (Kristen Stewart) (da saga Crepúsculo) é uma engenheira mecânica, junto aos seus colegas, em uma missão de exploração ao fundo do oceano. Ali, mais que 11km de distância da superfície, Kristen sente os efeitos colaterais de estar naquele lugar hostil. Até que há um acidente e que toda aquela pressão começa a destruir a estação na qual ela se encontra.

A partir de então começa a busca pela sobrevivência. Ela busca nos escombros encontrar os outros tripulantes, alguns vivos, outros não. O comandante (Vicent Cassel) é encontrado com vida e orienta a tripulação sobrevivente que eles se dirijam para um local, pois haveria cápsulas de salvação que os levariam à superfície. Nesse trajeto eles encontram uma criatura, que até então era desconhecida pela humanidade. Entretanto, a partir de então a história começa a tomar rumos mais perigosos.

O filme é dirigido por William Eubank e pode ser categorizado como thriller sci-fi. Apesar de se ter explorado todas as dificuldades que o enredo propõe (como oxigênio limitado, alta pressão, espaços apertados e etc.), Eubank caiu na armadilha do clichê. Em nenhum momento o filme surpreende o expectador. Esse fator tem peso forte na avaliação do longa. Apesar disso, Kristen bem como os outros atores (destaco Cassel, T.J Miller, Jessica Henwick), tiveram boas atuações. A fotografia também está muito boa bem como a computação gráfica. T.J Miller tem importante papel de trazer um alívio cômico para a trama, já Henwick, de uma menina assustada com tudo, mas que está amando um dos tripulantes da estação. Na trama os personagens estão bem definidos, e o que se aparenta, cada um dos atores tem etnias diferentes. O que eu acredito ser positivo nesse tipo de filme é uma curtíssima introdução. O filme inicia dizendo que está acontecendo pesquisas nas profundezas do oceano, uma breve introdução de Norah, e aí já começa a aventura. Tal atitude deixa o filme ainda mais dinâmico. Infelizmente a falta de originalidade permite que o filme se torne bem “mais do mesmo”.

Joinhas:

2

Por:

@jntsvieira

.0 / 5.0

2 Lados Online © 2014-2020. Created by Rafael Carvalho