Arcane: League of Legends

Aqui estou eu! Bastante atrasado, confesso. Mas antes tarde do que nunca: Em primeiro lugar, não sou um jogador de “League Of Legends”, tal afinidade poderia comprometer minha crítica, já que o seu exército de fãs é muito dedicado a defender essa história do início ao fim. Isso é um ponto positivo: Só irei analisar a série apenas como obra televisiva e nada além disso.

Em “Arcane” temos um trabalho impecável desde abertura até o ato final (a abertura é incrível, a melhor de 2021). Tudo aqui é muito bem pensado e arquitetado para nos conduzir a uma simples e segura maratona de seus episódios. Até a escolha em dividir os nove episódios em três atos foi muito promissora. Cada personagem possui bastante profundidade e todos tem um grande arco dentro da trama maior. Minha desvantagem como um “não fã” dos games é não entender as referências que muitos dizem ter em comentários pela internet.

Esta temporada também é muito planejada para não conhecedores de obra. Nos conectamos aos personagens e ao universo logo nos primeiros minutos da saga. Sua ambientação, sequência de lutas e a forma como tudo é finalizado é simplesmente acima da média. Essa é uma animação que podemos comparar diretamente à série da MARVEL “What If...?”: Tirando o episódio focado no “Doutor Estranho” temos aqui o verdadeiro exemplo sobre o que não fazer numa série de animação em comparação a perfeição de acabamento e roteiro que é “Arcane”.

A série deixa claro que não é mais um sucesso de fãs apenas no mundo dos games. A ‘Netflix’ e a ‘Riot Games’ nos mostraram que tem muita coisa boa a proporcionar aos seus assinantes e seguidores. Seu final e um baita gancho para a próxima temporada (algo simplesmente monumental). O duelo entre as duas protagonistas é algo digno de ser chamado de obra-prima. Sem contar na escalação de Cast: Não é em vão que escalaram ‘Hailee Steinfeld’ e ‘Ella Purnell’ para dar vida a essas personagens que a partir de agora serão sempre lembradas no mundo da televisão, e quem sabe no cinema. Neste meio eu aprendi a nunca duvidar de nada!

Joinhas:

5

Por:

@eduardomontarroyos

.0 / 5.0