Fitness

Carcereiros: O Filme

O filme narra a história do carcereiro Adriano (Rodrigo Lombardi) e seus colegas em uma penitenciária de São Paulo. O enredo inicialmente descreve a relação de Adriano entre a periculosidade de seu ofício e sua relação familiar com sua filha. Também nos mostra a relação entre ele e os prisioneiros. Isso acontece de maneira rápida para situar o espectador para a parte mais importante que virá.

Baseado no livro do Drauzio Varella e após duas temporadas no Globo play, “ Carcereiros – O Filme” chega ao cinema. Uma pausa na crítica para dizer a vocês que a equipe de ‘2 Lados’ teve acesso ao roteirista Marcelo Starobinas e ao ator Rainer Cadete nos destaques do perfil de nosso Instagram (@2ladosonline). Lá eles respondem algumas perguntas sobre o filme. Voltando...

Um terrorista gringo (Kaysar Dadour) chegará a penitenciário somente para pernoitar, o que causa grande confusão na programação normal dos carcereiros e dos presidiários. Além da tensão das facções que existem dentre do presídio, Adriano ainda conta com mais uma tensão, pois os presidiários querem matar o gringo pelo fato dele ter explodido uma escola com crianças dentro. Mas na calada daquela noite, há uma invasão de mercenários à penitenciária e aí começa o desenrolar da trama.

“Carcereiros” segue bem ao estilo “Tropa de Elite”, pois o protagonista narra os eventos até para explicar a situação da sua vida. Mesmo Starobinas dizendo que não houve nenhum viés político no roteiro, ele não esconde a situação atual de muitos dos presídios onde os presos dão as ordens e tem o poder de barganhar com os carcereiros, o baixo valor investido na preparação dos funcionários e a falta de triagem entre os presos para locais adequados. A função de Adriano é mais de mediador entre as facções e o governo, a fim de manter a paz. Além disso, o filme tem muitas cenas de ação, ao estilo Hollywoody de ser (lógico, sem uma grande produção e efeitos gráficos) mas que deixa bem legal. As falas também foram bem pensadas e bem encaixadas para tornar o cotidiano dos presos ainda mais real.

O espectador não precisa se preocupar caso ele não tenha lido o livrou ou assisto a série, pois o filme é explicativo e consegue captar a atenção. Indico ir aos cinemas para conferir esse bom filme.

Joinhas:

3

Por:

@jntsvieira

.0 / 5.0

2 Lados Online © 2014-2020. Created by Rafael Carvalho