Fitness

Doutor Sono

Na infância, Danny Torrance conseguiu sobreviver a uma tentativa de homicídio por parte do pai, um escritor perturbado por espíritos malignos. Danny cresceu, agora ele é um adulto traumatizado e alcoólatra. Sem residência fixa, ele se estabelece em uma pequena cidade, onde consegue um emprego no hospício local e cria um vínculo telepático com uma menina, paciente da instituição.

Assim que se divulgou notícia da adaptação desta icônica obra de ‘Stephen King’, toda a mídia e parte dos fãs ficaram com um “pé atrás”, devida a complexa forma que seu autor optou por continuar o grande trabalho de “O Iluminado”. “Doutor Sono” é uma das obras mais aclamadas de King, entretanto bastante complexa.

Porém, nas mãos de Mike Flanagan o sucesso foi garantido! É nítido ver a influência de: “A Maldição da Residência Hill” na maioria dos trabalhos do diretor. O tom das cenas, cores e até alguns efeitos são bastante semelhantes. Esse é um ponto positivo: O longo destoa e consegue desprender-se da fórmula nos filmes de suspenses apresentados nos últimos anos.

Seu trabalho é único e bem linear, a escolha está em desenvolver os personagens e logo após contar a história, isso torna toda a trama muito fácil de ser entendida, apesar da tremente necessidade em depender do filme anterior. Principalmente no terceiro ato, quando nos baqueteamos com a mais pura e bem trabalhada nostalgia.

As atuações não deixam a desejar, “Rebecca Ferguson” (Missão Impossível 5 e 6) leva toda a trama como antagonista, a atuação é impecável, algo que, sendo mal escolhido, atrapalharia toda a trama. Ewan McGregor (Star Wars, Moulin Rouge) também se encontra ótimo, sua atuação é pontual, entretanto é bastante ofuscado por Kyliegh Curran que surpreende de forma incrível, apensar da idade a atriz “leva o filme nas costas”.

“Doutor Sono” é linear, simples, bem articulado e nos entrega (até agora) o melhor suspense do ano. Os fãs de “O Iluminado” irão ficar mais do que satisfeitos com esse trabalho! É imponente e nostálgico o poder que o lugar (o espaço enquanto matéria) tem sobre o ser humano, como um “simples” ambiente, devido a sua carga histórica pode mudar a vida dos homens, a trama, desde “O Iluminado”, valoriza muito este denso, porém fantástico tema.

Joinhas:

4

Por:

@viniventura18

.0 / 5.0

2 Lados Online © 2014-2020. Created by Rafael Carvalho