Fitness

Em Defesa de Jacob

"Em Defesa de Jacob" tem uma premissa até que comum: uma família de uma pequena cidade americana tem sua vida virada de ponta cabeça quando o adolescente Jacob (Jaeden Martell) é acusado de matar violentamente um colega de classe, em uma situação potencializada pela pressa da polícia em encontrar um culpado.

A grande diferença encontra-se em como a trama consegue desenvolver-se de uma forma tão densa e ponto de desconfiarmos da fidelidade de todos os personagens em relação a suas ações e reações. Chris Evans, no qual também assina na produção deste trabalho, mais uma vez nos entrega o trabalho de um “mocinho” disposto a lutar por justiça, nada muito desafiador ou diferente dos seus trabalhos recentes (Vingadores, Mar Vermelho). Por outro lado, Michelle Dockery (sua esposa, na trama) e Martell dão um show de interpretação através da dualidade em que se encontram seus personagens. Jaeden e suas expressões sutis nos fazem desconfiar de suas ações em cada tempo.

Apesar de boas interpretações numa adaptação segura de sucesso, a ‘Apple’ peca em seu roteiro, especificamente no meio da história onde a investigação do desesperado ‘Andy’ torna-se um pouco cansativa e massiva, parece que a série quer fazer de tudo para que durem longos oitos episódios. As situações parecem “acordar” do meio para o final, principalmente com a chegada inusitada de J. K. Simmons em que também nos dá uma aula de atuação.

Com um desfecho impactante, agridoce, mas bem fiel a sua obra literária “Em Defesa de Jacob” deixa a sua marca como uma das melhores séries investigativas da nova trajetória da Apple nas telinhas. Com atuações precisas e subtramas coesas este trabalho prende o seu público a ponto de ser considerado um grande filme investigativo onde o psicológico dos personagens define quais os próximos passos desta intrigante cadeia de acontecimentos.

Joinhas:

3

Por:

@eduardomontarroyos

.0 / 5.0

2 Lados Online © 2014-2020. Created by Rafael Carvalho