Obi-Wan Kenobi

Obi-Wan certamente é um dos personagens mais amados de toda a saga “Star Wars”, principalmente quando ‘George Lucas’ escolheu o então jovem ‘Ewan McGregor’ para viver esse personagem tão carismático nos três primeiros episódios da saga. ‘McGregor’ conseguiu cativar toda uma geração. É impossível não criarmos uma grande expectativa quando a ‘Disney’ anuncia uma séria desse personagem com o retorno do seu ator original.

Ainda nos informa que ‘Darth Vader’, o maior vilão da história do cinema estaria de volta, e ainda interpretado por ‘Hayden Christensen’. Nada poderia atrapalha essa séria perfeita.

Sim! Poderia! Muitos elementos básicos atrapalham essa série de brilhar: Mediocridade no orçamento, roteiro muito superficial, direção péssima: Com cenas de ação pra lá de amadoras, coadjuvantes poucos carismáticos. São seis episódios que não acrescentam em nada na trajetória do Jedi. Nada de novo é apresentado. Os personagens vão do povo “A” para o ponto “B” e sempre voltam a “estaca zero” em todos os seus pobres seis episódios. As motivações de vilões e mocinhos são rasas e muitas sem nenhuma explicação.

Não existem palavras que possam mensurar a decepção que essa série foi, isso é inadmissível, ver uma empresa tão rica como a Disney tratar um dos maiores Jedi como “apenas mais um personagem qualquer”. Com certeza, essa série teria uma história boa para um filme de duas horas, no máximo, mas a forma como eles “enchem barriga” em 80% de seus episódios é muito decepcionante.

Meu único joinha é dedicado a dupla de protagonistas McGregor e Christensen, que apesar de tanto empecilhos nos entregam seus personagens no mesmo carisma que vimos na trilogia original. A culpa não foi deles! A diálogo final entre Vader e Kenobi e o motivo pelo qual o seu mestre não mata o seu antigo padawan é simplesmente fantástico. Isso numa tela de cinema funcionaria muito mais! “Obi-Wan Kenobi” é o desperdício de personagem mais decepcionante da “Cultura Pop”.

Joinhas:

1

Por:

@eduardomontarroyos

.0 / 5.0