Stranger Things - 4ª Temporada Volume 2

“Stranger Things” nos entrega a sua melhor temporada! Isso por causa de vários elementos: Primeiro, ela maximiza todo o seu potencial. Suas referências à filmes de terror e horror, seu poderoso poder de nostalgia, construção e expansão de universo muito eficiente, sem deixar de ser uma fábrica de grandes personagens. Além da história ser muito intrigante seu roteiro nos faz amar cada um desses personagens. A ponto de não ter para onde correr, em maior ou menor grau, qualquer personagem que morrer fará uma grande falta. Tal poder “apaixonante” é o ponto mais alto da série.

Sua distribuição de tempo nos episódios, francamente, não faz diferença, poderiam ser sete episódios de uma hora, vinte de 30 minutos, tanto faz, nesse estilo de “maratonar” ambas as partes essa distribuição no tempo não se torna cansativa. Afinal, esperamos muito para nos encontrar com Hawkins novamente. Na verdade, esse acaba virando um ponto positivo pois percebemos a liberdade de tempo que a Netflix costuma dar aos seus criadores. Quando esse “poder” é usado com maturidade, tudo fica melhor.

O único problema encontra-se na extensão de seu prólogo. Essa seria uma escolha que eu, particularmente, não tomaria. Na tentativa de tentar expressamente e até de forma desesperada nos dizer que haverá uma quinta e última temporada, o roteiro termina “enchendo muito barriga” ao estender o seu prólogo para mais de meia hora. Existe um tom até artístico em seu final, mas seria um tanto interessante deixar alguns problemas (como a conexão de Will e Vecna, por exemplo) apenas para a próxima temporada. São escolhas que eu não tomaria, mas nada que atrapalhe a trama como um todo.

Cada episódio é muito bem planejado. Não existe nada melhor que uma séria planejada. A habilidade em deixar tudo “amarrado” é um termo de compromisso pouco cumprido entre criadores e fãs atualmente. Principalmente quando colaca-se uma carga enorme de mistério a ponto da trama “sair do controle”. Não existe tal erro aqui. Isso é muito bom! Com respostas muito satisfatórias e um grande problema a ser resolvido na “batalha final” entre Eleven e Vecna/Henry/001 (kkkkk) Stranger Things já deixou uma saudade que nenhuma série atualmente pode preencher. A solução está na torturante espera para o tão esperado final da série de maior sucesso da Netflix. (Sempre foi, e vai levar tempo para alguém bater).

Joinhas:

4

Por:

@eduardomontarroyos

.0 / 5.0