Trem-Bala

Em “Trem-Bala” temos o trem mais rápido do mundo, indo de Tokyo para Morioka, Ladybug (Brad Pitt) um assassino azarado que depois de muitas missões que saíram do planejamento, está determinado a fazer com que essa seja uma missão pacífica. Assim como ele, Kimura, Prince, Tangerina e Limão, assassinos perigosos, estão numa missão dentro do mesmo trem, sem saber qual surpresa o destino preparou, ao longo da trama percebem que os objetivos são interligados.

David Leitch, o mesmo diretor de Deadpool 2, faz uma direção muito boa, nos entrega um filme com uma boa proposta, um filme com bastante ação, reviravoltas descontraídas e uma comédia para adultos, sem muita brincadeira de criança. Assim como os filmes de Tarantino, o longa nos mostra excelentes cenas de ação sangrenta, onde vemos o sangue espirrar na telona, cenas muito bem trabalhadas, a direção foi excelente, ele consegue colocar uma comédia em filme de ‘Tarantino’ de um jeito muito bem construído.

Assim como todos os filmes tem seus defeitos, esse também não é diferente, perto da sua conclusão, conseguimos ver que faltou um pouquinho de orçamento, pois pecaram muito nos efeitos visuais, em um pequeno período de tempo, mesmo assim poderia ter sido mais bem acabado.

As atuações do longa não deixam a desejar, são excelentes, afinal com esse elenco seria difícil não ter boas atuações. Brad Pitt, como sempre, entrega uma atuação fenomenal, Sandra Bullock, Hiroyuki Sanada, Joey King, Aaron Johnson e Bryan Tyree Henry, fazem um papel fenomenal e muito bem desenvolvido, conseguem fazer com que fiquemos em dúvida de qual personagem gostamos mais. Deixando em destaque a atuação de Aaron Johnson, apesar de muitos filmes bons já feitos, nesse em específico conseguiu surpreender, excelente trabalho.

Joinhas:

4

Por:

@vini.ventura23

.0 / 5.0