Fitness

Zumbilândia: Atire Duas Vezes

Anos depois de se unirem para atravessar o início da epidemia zumbi nos Estados Unidos, Columbus (Jesse Eisenberg), Tallahassee (Woody Harrelson), Wichita (Emma Stone) e Little Rock (Abigail Breslin) seguem buscando novos lugares para habitação e sobrevivência. Quando decidem ir até a Casa Branca, acabam encontrando outros sobreviventes e percebem que novos rumos podem ser explorados.

É interessante a forma peculiar como este novo longa ganha uma sequência. Apesar de dez anos após o filme original parece que este no trabalho foi gravado logo após as filmagens do primeiro. Seus personagens não mudam praticamente nada, isso é um ponto mais do que positivo pois a essência do primeiro longa (que, por sinal, é um clássico) está lá, só que ainda melhor!

Ao longo desses dez anos seu elenco principal conseguiu destacar-se no mundo de Hollywood, isso foi muito bom a vender o filme. A pergunta é: Por que seu elenco, agora já consagrado, com grandes filmes indicações e até vencendo Oscar, aceitou voltar nesta sequência de “Zumbis”? A resposta está em seu roteiro bastante afiado, tramas bem desenvolvidas, sequência de ação bem produzidas e uma ambientação de causar inveja.

Zumbilândia acerta na comédia e até em suas reviravoltas. Tudo é ampliado desde sua primeira história. Seu único problema está no espaço dado aos novos personagens. A química entre o elenco original é tão esperada e quase perfeita que quando a trama valoriza muito seus novos personagens com suas introduções, as vezes, seus protagonistas viram meros coadjuvantes, e não pretende-se contemplar isso. Alguns novos personagens são fundamentais para a trama, outros são meramente descartáveis, esses não precisavam de tanto espaço.

Contudo, nada atrapalha o poder nostálgico que a sequencia de Zumbilândia tem. Faço das palavras de ‘Emma Stone’ as minhas: “Poderíamos ter uma sequência a cada dez anos”.

Joinhas:

4

Por:

@eduardomontarroyos

.0 / 5.0

2 Lados Online © 2014-2020. Created by Rafael Carvalho